Suposta pirâmide financeira Dreams Digger é investigada pela Justiça e pela CVM


A Promotoria de Justiça da Bahia abriu um inquérito para investigar as atividades da suposta pirâmide financeira Dreams Digger (DG Cursos de Trade LTDA). Segundo uma publicação feita nesta sexta-feira, 14 de junho, no Diário Oficial da Bahia, a investigação será conduzida para analisar a “efetiva venda de cursos sobre investimentos, com foco no mercado de criptomoedas, mediante arbitragem e esquema de pirâmide, prometendo ganhos de 10% (dez por cento) ao mês, ludibriando os interessados”.

Segundo a Comissão de Valores Mobiliários do Brasil (CVM), a Dreams Digger também está sendo analisada pelo órgão regulador por conta de uma denúncia feita em abril deste ano por um suposto investidor que teria sido lesado pela empresa.

Oferecendo retornos de investimentos em Bitcoin e criptomoedas, a Dreams Digger chegou até mesmo a participar de importantes eventos do setor de criptomoedas no Brasil como palestrante, como por exemplo na Bitconf de 2019. Durante o evento, a suposta pirâmide apresentou sua plataforma de educação online, a DD education, que segundo a empresa, “conta com diversos cursos voltados para o mercado de criptomoedas, como cursos introdutório de Bitcoin e blockchain, segurança de carteiras, trading básico e avançado, e o seu mais novo curso de programação em solidity e desenvolvimento de smart contracts na plataforma da Ethereum, o único curso 100% online do Brasil”.

Além da presença na Bitconf, os criadores da suposta pirâmide também estiveram presentes no palco principal da Campus Party, no dia 05 de maio, mostrando dados sobre o mercado de cursos online no Brasil, as principais plataformas que operam nesse mercado, assim como o grande mercado que está aberto para empreender neste setor.

Leia também: Justiça condena HashBrasil e Leonardo Janiszevski em mais de R$312 mil



Source link

Comments (No)

Leave a Reply