Sites da Pirâmide OneCoin estão ficando indisponíveis

Sites da Pirâmide OneCoin estão ficando indisponíveis 1

Os principais sites da Onecoin, pirâmide mundial envolvendo criptomoedas, estão começando a ficar indisponíveis. Já seriam três domínios associados a empresa que ficaram offline nos últimos dias.

Sites da OneCoin estão ficando indisponíveis na medida em que avançam as investigações

A pirâmide financeira OneCoin atacou vários países entre 2014 e 2018. Até no Brasil a OneCoin deixou vítimas, que lamentam até hoje o aporte no esquema fraudulento.

Na medida em que as autoridades dos EUA avançam nas investigações deste golpe, que envolvia criptomoedas, novas situações vão acontecendo. De fato, chamou atenção nos últimos dias para os sites da OneCoin ficarem indisponíveis.

Cabe o destaque que desde que as investigações começaram, os sites ainda permaneciam na web. De acordo com o BehindMLM, já são três os domínios que caíram nos últimos tempos.

Os websites derrubados foram os principais do golpe, sendo o “onecoin.eu” o principal. Os outros dois, “oneacademy.eu” e o “oneworldfoundation.eu” eram associados ao golpe.

Sites de “educação” e “caridade” também caíram

Os websites que se tornaram indisponíveis nos últimos dias eram fundamentais para o funcionamento do golpe. O principal, dava aos investidores as informações necessárias para conhecer a OneCoin e investir na fraude. Este se tornou indisponível no último dia 1 de dezembro, segundo o BehindMLM.

Já o oneacademy dava “educação” para os investidores da OneCoin. Com isso, a Cryptoqueen, Ruja Ignatova, garantia que as vítimas tivessem a sensação de estarem aprendendo com sua empresa.

Além disso, o oneworldfoundation era um website que Ruja Ignatova mantinha para fins de caridade. Ou seja, a imagem que era transmitida a novos investidores era de que estes estariam ajudando a criar um ambiente de inovação com sustentabilidade. Com o tempo, tudo se mostrou apenas mais um golpe extremamente sofisticado. Os dois websites paralelos ao principal caíram entre os dias 2 e 3 de dezembro.

O motivo da queda destas antigas plataformas utilizadas pela OneCoin foi que a EURid estaria investigando estes DNSs. O status atual destes sites é de “não existe”, que indica que estariam inativos para fins de investigação. A EURid não deu muitos detalhes sobre essa situação, mas pode indicar que está trabalhando com autoridades no caso.

Ainda restam vários domínios ativos relacionados com a OneCoin

Ainda resta um website dentre os principais para cair, que é o “onelife.eu“. Este que era uma plataforma utilizada para rastrear os investimentos em afiliados da OneCoin.

Ou seja, o golpe pode estar no fim, com as autoridades investigando a fundo o caso. A EURid ainda segue investigando outros domínios ligados a OneCoin, que poderão em breve se tornar indisponíveis também.

Ruja Ignatova, que chegou a conseguir o apelido de “Rainha das Criptomoedas”, está foragida da justiça. Não há pistas do paradeiro da antiga dona da OneCoin, que acumulou muito capital com este grande golpe.

Entretanto, as autoridades têm encontrado dificuldades na hora de responsabilizar os principais líderes deste famoso golpe envolvendo criptomoedas. De acordo com o Finance Feeds, no último dia 2 de dezembro algumas vítimas da OneCoin protocolaram novamente um processo contra os líderes da OneCoin. O caso segue sob investigação pela Justiça dos EUA.







What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

BitcoinTrade implementa plataforma que dá cashback em Bitcoin 20

BitcoinTrade implementa plataforma que dá cashback em Bitcoin

Diretor foragido da Unick se entregou à polícia e está preso em casa com tornozeleira eletrônica 21

Diretor foragido da Unick se entregou à polícia e está preso em casa com tornozeleira eletrônica