Relatório mostra que mais de 60% das criptomoedas ainda estão 90% abaixo de suas máximas históricas

Relatório mostra que mais de 60% das criptomoedas ainda estão 90% abaixo de suas máximas históricas 1

Um relatório divulgado pela LongHash mostra que 67% das criptomoedas listadas na OnChainFX ainda estão 90%, ou mais, abaixo das suas marcas históricas de preço.

A pesquisa analisou 169 criptomoedas e conclui que desse total, 114 ainda estão muito abaixo de seus preços máximos já atingidos, como mostra o gráfico:

Relatório mostra que mais de 60% das criptomoedas ainda estão 90% abaixo de suas máximas históricas 2

O relatório também chega a comparar o crescimento do Bitcoin com o de outras altcoins, dizendo:

“Outra maneira de olhar para o contraste entre a posição atual do Bitcoin e a de outras altcoins é examinar seu múltiplo de equilíbrio. Se o valor de cada criptomoeda de repente aumentasse em 1.000% amanhã, o Bitcoin seria negociado a US$110.000, mais de 5 vezes acima de sua alta de 2017. Mas o resto do mundo das criptomoedas conta uma história diferente. Quase 70% das criptomoedas ainda estariam abaixo de suas altas de todos os tempos, a partir de 2017 e 2018, mesmo com um aumento de 10 vezes nos preços.”

No final, o relatório mostrou algumas possíveis explicações do porque isso poderia acontecer, sendo uma sobre as empresas estarem começando a validar a necessidade do Bitcoin e da blockchain, além do anúncio da Libra do Facebook.

Além disso, outra possível razão para a falta de crescimento dos preços das altcoins poderia ser a lenta cadência de envolvimento da maioria de suas equipes e usuários. Não são muitas as altcoins que conseguiram reunir uma comunidade significativa de usuários, talvez levando os investidores a pensarem mais criticamente sobre seus projetos.

Leia também: Michael Novogratz prevê o Bitcoin sendo negociado entre US$10 mil e US$14 mil





What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Cidade dos EUA paga R$ 1,8 milhão por resgate de dados e hackers não liberam informações 20

Cidade dos EUA paga R$ 1,8 milhão por resgate de dados e hackers não liberam informações

Guerra Fria: Venezuela, China, Irã e Rússia contra o domínio financeiro dos EUA 21

Guerra Fria: Venezuela, China, Irã e Rússia contra o domínio financeiro dos EUA