Regulamentação favorável às criptomoedas pode ajudar Brexit do Reino Unido

Regulamentação favorável às criptomoedas pode ajudar Brexit do Reino Unido 1

As criptomoedas tem ajudado países a superarem crises econômicas, tais como Venezuela, Argentina e Turquia. Entretanto, um novo episódio pode entrar para a história, principalmente se uma regulamentação favorável às criptomoedas for aceita no Reino Unido após o Brexit.

A situação no país não está fácil, principalmente com a indefinição da saída do bloco europeu. Cabe o destaque que o Brexit, que é a saída do Reino Unido da União Europeia, pode acontecer em outubro de 2019. Entretanto, a principal dúvida é: será uma saída com ou sem acordo?

Brexit do Reino Unido é iminente, e criptomoedas poderão ter importância no caso

Uma pesquisa conduzida na Inglaterra, ainda em 2018, mostrou que a população não concordava com o Bitcoin em sua economia. Entretanto, o cenário na época era diferente, inclusive com outro primeiro-ministro.

Além disso, em um artigo recente no Investing.com, Rodrigo Rebecchi disse que a moeda Libra Esterlina está pressionada. O cenário de indefinição é ainda maior, visto que o favorito ao cargo de primeiro-ministro quer o Brexit em outubro de 2019. A preocupação, entretanto, é que políticos não querem sair sem acordo e ameaçam expulsar qualquer um que o queira.

Esse cenário de indefinição certamente tem mudado os conceitos sobre criptomoedas, como o Bitcoin (BTC). Estima-se que o setor de financeiros do país já esteja de olho no criptomercado, para contornar uma possível recessão.

Moedas digitais descentralizadas podem ser solução pós-Brexit

A economia do país pode entrar em colapso em breve, afastando investidores do Reino Unido. Entretanto, para Nigel Green, CEO do DeVere Group, disse que as criptomoedas podem ser uma solução.

Isso porque o Reino Unido, ao sair da União Europeia, estaria livre para abraçar uma indústria emergente. Green compartilhou sua visão recentemente ao website inglês veredict.

“Londres é — pelo menos por enquanto — o maior e mais importante centro financeiro do mundo. Mas seu domínio está desaparecendo com a incerteza do Brexit”

Além disso, Green mostrou que está antenado com a revolução das criptomoedas pelo mundo. O CEO disse que “O crescente mercado de criptomoedas já proporcionou benefícios econômicos tangíveis para outras grandes economias. A Grã-Bretanha pós-Brexit estará em uma posição privilegiada para ir ainda mais longe e, ao adotá-la, poderá reiniciar o setor de serviços financeiros do Reino Unido”.

Finalmente, Green afirmou que a característica digital e descentralizada das criptomoedas é o futuro do dinheiro. Com isso, uma regulamentação favorável às criptomoedas poderia ajudar o Reino Unido no caso Brexit. Isso colocaria o país ao lado de outros como Japão e Suíça, que já olham para criptomoedas de forma “amigável”.





What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Ex-diretor do Bacen diz que a Libra é uma ameaça ao sistema financeiro 20

Ex-diretor do Bacen diz que a Libra é uma ameaça ao sistema financeiro

FDD avalia os riscos do uso de criptomoedas pelos países sob sanções dos EUA 21

FDD avalia os riscos do uso de criptomoedas pelos países sob sanções dos EUA