Mercado de ações da Argentina despenca e analistas esperam subida no volume de negociações de Bitcoin no país

Mercado de ações da Argentina despenca e analistas esperam subida no volume de negociações de Bitcoin no país 1

Mercado de ações da Argentina despenca e analistas esperam subida no volume de negociações de Bitcoin no país 2

O mercado de ações argentino amanheceu com uma queda de aproximadamente US$ 24 bilhões, perdendo 48% do índice Merval nesta terça-feira (13), e alguns analistas acreditam que o volume de negociações de Bitcoin do país pode aumentar nas próximas semanas.

Tem havido um número de casos recentes em que as pessoas migraram para o Bitcoin, já que suas economias enfrentam incertezas. A China, a Grã-Bretanha e a Venezuela são exemplos proeminentes, mas agora a Argentina pode ser adicionada a essa lista à medida que sua moeda e mercado de ações desmoronam.

A Argentina está despertando para os temores de uma crise financeira, com a queda da moeda nacional e dos mercados acionários.

Em um resultado surpresa para as eleições primárias no último fim de semana, a queda de votos do atual presidente Mauricio Macri sacudiu os investidores e provocou alvoroço no mercado cambial e de ações.

Na segunda feira, dia 13 de agosto, o peso argentino perdeu mais de 25% em relação ao dólar e, um dia depois, o mercado de ações do país vizinho despencou.

De acordo com a Bloomberg, o S&P Merval Index caiu 48% em termos de dólares, o que é a segunda maior derrota de um dia em qualquer uma das 94 bolsas de valores desde a década de 1950. O medo vem da probabilidade da chapa da ex-presidente Christina Kirchner ser eleita ainda este ano e influenciar o comércio externo do país.

A Argentina tem bilhões em dívidas em moeda estrangeira e o medo de inadimplência tem efeitos imediatos.

O relatório acrescentou que os credit-default swaps – instrumentos financeiros que atuam como se fossem um seguro contra inadimplência – agora mostram que os comerciantes estão mostrando 75% de chances de que o país suspenda os pagamentos da dívida nos próximos cinco anos.

Além do colapso do mercado de ações, o peso caiu mais de 25% na segunda-feira (12) para uma baixa recorde.

A Argentina já sofreu turbulências econômicas e as preocupações de um retorno aos tempos em que controles cambiais, manipulação de dados e políticas protecionistas sobre o comércio para proteger as indústrias nacionais eram comuns, estão crescendo.

Na Venezuela, a população voltou-se para o Bitcoin quando a moeda nacional foi esmagada pela inflação. O volume de negociações da Localbitcoins na Argentina tem aumentado desde 2017, mas esta tendência aconteceu em outros lugares também.

O analista e trader Alex Krüger apontou que a conscientização do Bitcoin ainda é muito baixa na Argentina, o país possui uma economia completamente dolarizada.

Como resultado, o mercado de BTC é ainda muito pequeno no país, com um volume de negociação de apenas US$ 220.000 na semana passada, de acordo com o site Coin Dance. 

Krüger acrescentou que o volume só está crescendo devido à depreciação do peso:

“Pode-se apontar para os volumes cada vez maiores da LocalBitcoins. No entanto, o volume está crescendo apenas em termos de ARS devido à depreciação do peso. O volume vem caindo constantemente e registrou apenas 23 bitcoins no total na semana passada.”

Krüger acrescentou que um grande aumento no volume de negociação é esperado nesta semana. Isso é esperado já que o Bitcoin pode se tornar uma proteção melhor do que o dólar – que também está sendo manipulado pela administração Trump em seus esforços protecionistas para combater a China através de tarifas no comércio de produtos entre as duas potências.

Conforme reportado pelo Cointelegraph, apesar do baixo volume de negociação de Bitcoins no país, o preço do BTC apresentou uma diferença de 4% (no horário desta publicação em 13 de agosto de 2019) em relação à média de negociação do ativo digital no mundo.






What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Fundação Apollo Desenvolve Infraestrutura Pós-Blockchain e Internet Descentralizada 21

Fundação Apollo Desenvolve Infraestrutura Pós-Blockchain e Internet Descentralizada

Deputado Federal Israel Batista convida empresas do setor de criptomoedas para debater a indústria na Câmara 22

Deputado Federal Israel Batista convida empresas do setor de criptomoedas para debater a indústria na Câmara