Hacker pede bitcoins para não “explodir cabeça” de sogra de jornalista que denuncia Moro – Livecoins


Um hacker pede bitcoins em troca de abandonar ameaças feitas contra o deputado federal David Miranda (PSOL – RJ) e sua família. O parlamentar é casado com Glenn Greenwald, o jornalista responsável pelas denúncias que envolvem Moro e Dallagnol que inflamaram o Brasil recentemente.

Muitos hackers buscam as criptomoedas como forma de pagamento para crimes de extorsão. Em alguns casos, até mesmo sites são “sequestrados” e uma quantia em bitcoins é solicitada em troca do acesso novamente ao endereço roubado.

No caso de David Miranda (PSOL – RJ), as acusações são mais graves e atentam contra a vida de toda a sua família. O casal possui dois filhos e até mesmo a mãe do deputado federal foi incluída nas ameaças. O parlamentar recebeu um e-mail logo após as denúncias publicadas pelo Intercept Brasil que abalaram a idoneidade da justiça brasileira.

Bitcoins em troca da vida da mãe de David Miranda (PSOL – RJ)

As graves ameaças foram recebidas pelo deputado federal com enorme preocupação. Após fazer ameaça contra a família de David Miranda (PSOL – RJ), o criminoso pediu um resgate. Esse dinheiro deveria ser pago pelo parlamentar para que a família dele deixasse de ser ameaçada.

O resgate pedido pelo criminoso que fez as ameaças deve ser pago em bitcoin. A criptomoeda foi escolhida, por quem enviou o e-mail ao David Miranda (PSOL – RJ), como forma de pagamento para que as ameaças não sejam levadas adiante.

O criminoso estabeleceu que David Miranda (PSOL – RJ) deverá pagar um resgate para ver sua família a salvo. Esse valor corresponderia a US$ 10.000,00, e devem ser pagos em bitcoin.

Temendo pela vida de seus familiares, o deputado federal denunciou as ameaças em rede nacional da televisão aberta. Rapidamente a denúncia repercutiu em toda a imprensa nacional. As ameaças foram proferidas contra a família de David Miranda (PSOL – RJ) no mesmo momento em que seu marido apresenta uma importante denúncia para o Brasil.

Homem ameaçou “explodir a cabeça” da mãe do deputado federal

O deputado federal David Miranda (PSOL – RJ) foi surpreendido com e-mails de ameaças recebidos por ele recentemente. A divulgação das mensagens aconteceu através do SBT e mostra ameaças contra a vida da mãe do parlamentar.

A mensagem fala sobre a execução da mãe de David Miranda (PSOL – RJ). A grave ameaça diz que a mulher supostamente seria atingida por um “atirador de elite”. O texto tenta intimidar o deputado federal carioca, dizendo como a mulher seria morta, ao “explodir a cabeça”.

A ameaça fez com que o parlamentar temesse por sua vida e de sua família. Porém, nada impedirá que Gleen Greenwald conduza sua investigação até o fim. Por outro lado, a família de David Miranda (PSOL – RJ) tem até o final de junho de 2019 para pagar o resgate. A data foi estipulada pelo criminoso nos e-mails recebidos pelo deputado federal.

Deputado é casado com Glenn Greenwald (reprodução/facebook)

Ameaças que enfraquecem a política brasileira

David Miranda (PSOL – RJ) foi eleito deputado federal suplente nas últimas eleições em 2018. Após o, até então deputado federal Jean Wyllys (PSOl – RJ) renunciar, o marido de Glenn Greenwald assumiu a cadeira na câmara dos deputados em Brasília – DF.

Jean Wyllys (PSOL – RJ) decidiu justamente deixar o Brasil e seu mandato após sofrer sérias ameaças de morte. O mesmo acontece com o seu suplente, poucos meses após assumir a vaga como deputado federal. Além disso, ambos fazem parte do mesmo partido que Marielle Franco pertencia, o PSOL.

Marielle Franco foi brutalmente assassinada no Rio de Janeiro em um crime apontado como político. No e-mail que David Miranda (PSOL – RJ) recebeu, a vereadora assassinada do Rio de Janeiro foi mencionada.

O hacker que pediu bitcoins para não matar a mãe do deputado federal falou sobre a morte de Marielle Franco. Ele disse que um atirador de elite seria usado para matar a mãe de David Miranda (PSOL – RJ).

Assim como supostamente teria acontecido com Marielle Franco, o hacker alega que evidências não seriam deixadas para trás, sobre as ameaças contra a família do deputado federal. O criminoso deixa a entender que o crime permaneceria igualmente inconclusivo.





Source link

Comments (No)

Leave a Reply