Grande empresa de propriedade de Hong Kong tenta aprovação regulatória para propriedades imobiliárias tokenizadas



Grande empresa de propriedade de Hong Kong tenta aprovação regulatória para propriedades imobiliárias tokenizadas 2

A emrpesa familiar de propriedades imobiliárias Stan Group – que representa os ativos imóbiliários do “rei das lojas” Tang Shing-bor, deve se reunir com a agência de fiscalização de Hong Kong em janeiro de 2020 para buscar aprovação para a venda de ativos imobiliários tokenizados. Noticiou o jornal em língua inglesa de Hong Kong South China Morning Post (SCMP) em 12 de junho.

Conta-se que o Stan Group tem uma carteira de imóveis estimada em mais de HK$ 50 bilhões (US$ 6,38 bilhões).

Em oposição ao pano de fundo do suposto sentimento medíocre no mercado imobiliário local em meio à escalada das tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China, a empresa está buscando uma aprovação local sem precedentes da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong para o comércio regulado de tokens blockchain que teriam propriedades imobiliárias. como seu ativo subjacente.

No início deste mês, o Stan Group assinou um memorando de entendimento com a plataforma local de seguros de security token Liquefy para explorar conjuntamente as possibilidades da tokenização imobiliária, que pode permitir aos investidores possuir e trocar tokens blockchain que confirmem a posse de uma propriedade – no todo ou em parte.

Em comunicado oficial, o presidente do Stan Group, Stan Tang Yiu-sing, disse que “prevê um acesso muito melhor e maior liquidez no mercado imobiliário devido à propriedade fracionária que será alcançada com a tokenização e nossa exchange de imóveis, que está em desenvolvimento”.

De acordo com o CEO da Liquefy, Adrian Lai, os proprietários de ativos definiriam o preço inicial de lançamento dos futuros de tokens. Ele destacou que os investidores poderiam negociar securities token de ativos ou da corretora de valores mobiliários parceira da Liquefy.

Como Edwin Lee – fundador da empresa de consultoria e gerenciamento de ativos licenciada pela SFC Bridgeway Prime Shop Fund Management – disse ao SCMP, a estrutura regulatória de negociação de security token em Hong Kong é complexa e exige que os investidores passem por um rigoroso processo de lavagem de dinheiro com ampla divulgações e documentos.

Além disso, apenas os investidores profissionais com ativos líquidos no valor de mais de US$ 1 milhão podem participar de tais operações: de acordo com Lee, existem aparentemente apenas cerca de 100.000 dessas pessoas em Hong Kong que se qualificariam para tal.

Conforme relatado, a plataforma de transação de propriedade blockchain blockkimo Ltd e duas outras empresas concluíram conjuntamente a supostamente primeira transação imobiliária em uma blockchain na Suíça em março deste ano.



Comments (No)

Leave a Reply