Governo do Ceará apoiará projeto de microcrédito baseado em blockchain


O Governo do Ceará investirá em um projeto de Microcrédito Inteligente baseado em blockchain, segundo uma publicação feita no Diário Oficial do Estado do Ceará (DOECE), nesta quarta-feira, 12 de junho. O valor total do aporte será de pouco mais de R$82 mil disponibilizados por meio do edital Funcap – Inovafit nº 11, que prioriza projetos de desenvolvimento de produtos e processos inovadores em áreas prioritárias para o Estado.

O Cript0Fácil buscou mais detalhes do projeto e do edital, mas, até o momento, não encontrou informações sobre a empresa e, o site da Inovafit está fora do ar. Entre as áreas de investimento priorizadas pelo Inovafit estão: Inteligência artificial; Indústria 4.0; Coleta e análise de dados (Big data); Internet das coisas (IOT, internet of things); Cidades inteligentes (Smart Cities), entre outras.

Financiados com recursos do Fundo de Inovação Tecnológica (FIT), os editais Inovafit estão entre as principais ações do Governo do Ceará para, através da Funcap (órgão vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior – Secitece), financiar o empreendedorismo inovador no Estado. Desde o seu lançamento em 2015, o programa já destinou mais de R$10 milhões para o financiamento de projetos na área. Com o novo edital, o valor sobe para mais de R$20 milhões.

O edital Inovafit é destinado a empresas com receita bruta anual até R$10,5 milhões. Será administrado pela Funcap com recursos do Fundo de Inovação Tecnológica (FIT). O repasse será feito pela modalidade da subvenção econômica, não-reembolsável e mediante a contrapartida das empresas apoiadas. O principal objetivo é estimular a colaboração entre o setor empresarial e de pesquisa científica para aumentar a produtividade das empresas do estado, beneficiando a economia local.

Na formulação dos seus projetos, as empresas interessadas devem buscar parcerias com grupos de pesquisa, envolvendo os cientistas e, eventualmente, seus alunos, sobretudo da pós-graduação. Cada proposta deve incluir a descrição de um produto, serviço ou solução que possa ter viabilidade econômica para lançamento no mercado. As empresas também deverão apresentar um Plano de Negócios demonstrando a estratégia de comercialização.

Leia também: Ceará abrigará mega-projeto de Polo Multimodal com tokens, blockchain e STO



Source link

Comments (No)

Leave a Reply