Goldman Sachs se anima com o Bitcoin e estabelece meta de preço da cripto a US$ 13.971

Goldman Sachs se anima com o Bitcoin e estabelece meta de preço da cripto a US$ 13.971 1

Goldman Sachs se anima com o Bitcoin e estabelece meta de preço da cripto a US$ 13.971 2

Em nota aos clientes, o Goldman Sachs fez uma previsão otimista para o preço do Bitcoin. Compartilhada no Twitter, em 11 de agosto, a nota sugere uma meta de curto prazo de US$ 13.971.

Análise otimista baseada nas Ondas de Elliott

O objetivo dado é baseado na Teoria das Ondas de Elliott, que prevê tendências de mercado, identificando extremos na psicologia do investidor, juntamente com altas e baixas de preços.

De acordo com o analista, o Bitcoin vai se recuperar do apoio em torno de US$ 11.094, deixando espaço para pelo menos uma perna maior para US$ 12.916 e US$ 13.971. Isso pode completar uma contagem de ondas em V a partir de julho, produzindo um topo ou consolidação de curto prazo.

O quadro maior e a previsão de longo prazo

Potencialmente, o analista sugere, esta poderia ser a primeira etapa de uma contagem de cinco ondas.

Isso significaria que qualquer retração dos níveis de US$ 12.916 a US$ 13.971 apresenta uma oportunidade de compra, já que após o período de consolidação, o preço poderia voltar a subir, a menos que caia abaixo da recente baixa anterior de US$ 9.084.

A nota sugere uma parada de curto prazo em US$ 10.791.

O Goldman Sachs está cada vez mais interessado em Bitcoin e criptomoeda

O Goldman Sachs tem aumentado seu interesse no mercado de criptomoedas. Como o Cointelegraph relatou no mês passado, ele passou de “observar o potencial” de lançar seu próprio token virtual, para fazer contratações para acelerar o programa.

 






What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

EUA revela o FedNow, além da batalha Bitcoin Cash Vs. Coinbase 21

EUA revela o FedNow, além da batalha Bitcoin Cash Vs. Coinbase

Bitcoin tem 4% de ágio na Argentina, enquanto o peso cai 30% 22

Bitcoin tem 4% de ágio na Argentina, enquanto o peso cai 30%