Dreams Digger é investigada na Bahia por suposto esquema de pirâmide financeira com Bitcoin

Dreams Digger é investigada na Bahia por suposto esquema de pirâmide financeira com Bitcoin 1


Dreams Digger é investigada na Bahia por suposto esquema de pirâmide financeira com Bitcoin 2
Dreams Digger é investigada na Bahia por suposto esquema de pirâmide financeira com Bitcoin 3
Dreams Digger é investigada na Bahia por suposto esquema de pirâmide financeira com Bitcoin 4

Mais uma empresa que usa como atrativo para negócios o mercado de criptomoedas será investigada na Justiça. Nesta semana, a ‘Dreams Digger’, cuja sede fica em Salvador (BA), se tornou alvo da Promotoria baiana.

Conforme publicação no Diário de Justiça do Estado da Bahia (DJBA) em 12 de Junho, a 5ª Promotoria de Justiça do Consumidor da Capital abriu a instauração de um inquérito civil (003.9.98453/2019) para apurar uma suposta conduta ilegal da ‘Dreams Digger’, nome fantasia da DG Cursos de Trader LTDA.

De acordo com a publicação, a referida empresa, que se apresenta como vendedora de cursos sobre investimentos com foco em criptomoedas, tem prometido ganhos de 10% ao mês em um esquema de pirâmide, “ludibriando os interessados”.

A chamada da página da Dreams Digger é “Torne-se um especialista em criptomoedas”, acrescentando o seguinte:

“Somos uma escola de tendências de mercado, promovendo a acessibilidade do conhecimento sobre o mercado de criptomoedas. Nossos alunos são treinados e capacitados para se tornarem especialistas neste mercado que mais cresce na atualidade”.

No site, a empresa afirma ter 14.000 alunos em 16 países. O nome da empresa traduzido significa ‘Escavador dos Sonhos’ e seus cursos sobre o mercado de criptomoedas são oferecidos num site chamado ‘dd.education’.

Inclusive a ‘plataforma de educação online’ — modo como a própria empresa denomina —  foi apresentada na Bitconf deste ano em São Paulo.

Grupo antiponzi alertou

O GAP Antiponzi, um grupo independente que busca antecipar à comunidade golpes de pirâmide financeira, já havia dado um alerta sobre os negócios da Dreams Digger no ano passado.

De acordo com uma publicação na sua conta do Steemit, eles alertaram sobre o suposto esquema: “um bando de garotos acostumados a vida fácil que os Esquemas ponzi proporcionam”.

Liteforex também é investigada

Outra empresa que também passou a ser investigada nesta semana pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é a Liteforex.

O órgão regulador determinou que a ‘Liteforex Investments Limited’ suspendesse sua oferta pública de investimento com forex em moeda estrangeira e Bitcoin. O descumprimento da decisão custará multa diária de mil reais.

A CVM afirmou que o mercado de Foreign Exchange (Forex) é um tipo de contrato derivativo que envolve negociações com pares de moedas estrangeiras.

De acordo com a lei, contrato derivativo, independente dos ativos envolvidos, é uma espécie de valor mobiliário e somente pode ser transacionado sob o crivo da CVM.

A CVM, então, elucidou que a Liteforex “não está autorizada por esta Autarquia a captar clientes residentes no Brasil, por não integrar o sistema de distribuição previsto no art. 15 da Lei nº 6.385, de 1976”.

Quer receber as principais notícias e análises? Coloque seu e-mail abaixo!



Source link

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Mark Karpeles fala sobre credores da Mt.Gox e vida após julgamento 23

Mark Karpeles fala sobre credores da Mt.Gox e vida após julgamento

Top 5 das criptomoedas: NEO, LTC, BTC, ETH e XMR 24

Top 5 das criptomoedas: NEO, LTC, BTC, ETH e XMR