CVM prevê recorde de investigações sobre esquemas forex e de pirâmde

CVM prevê recorde de investigações sobre esquemas forex e de pirâmde 1

A informação é trazida por um superintendente da CVM. Ele aponta a globalização como um dos fatores complicadores das investigações

A Comissão de Valores Mobiliários prevê que 2019 vai bater recorde de processos de investigação envolvendo esquemas de pirâmide financeira e forex. Enquanto, em 2018 ocorreram 105 processos, o número desse ano pode chegar a 250. O dado é trazido, em matéria do Gazeta do Povo, pelo superintendente de Proteção e Orientação aos Investidores da CVM.

Conforme também menciona José Alexandre Vasco, boa parte das investigações são motivadas pelas denúncias de pessoas atingidas. No período histórico de três anos, entre 2015 e 2018, esse tipo de relato cresceu 240%. Alguns pontos que dificulta as punições e investigações, conforme a reportagem do jornal paranaense, são a complexidade atual dos golpes e a globalização de atividades possível via internet.

Criptomoedas podem ser usadas como atrativos

Nesse contexto, as criptomoedas também são apontadas como iscas. Com relação aos ativos criptografados, o presidente do Conselho Regional de Economia do Paraná também é ouvido pela Gazeta do Povo. Carlos Magno Bittencourt sinaliza para uma vácuo regulatório, cuja abordagem se complica pela característica transnacional das criptomoedas.

Na mesma linha, José Alexandre Vasco destaca que o pais mantém alianças estratégicas com outros países, para uma efetiva atuação internacional. No entanto, muitas empresas seguem aplicando golpes, mesmo depois de advertidas e multadas. Algo que ocorre, na opinião do superintendente da CVM,  porque “Algumas são muito bem sucedidas na arrecadação, e isso realimenta o ciclo”, conforme cita a Gazeta do Povo.

Neste ano, ainda de acordo com Vasco, a CVM emitiu alertas relativos a operação irregular de sete empresas. São elas, conforme lista a matéria do a Gazeta do Povo, World Way Capital, Liteforex, FX Trading, Capzone Invest (que opera com a marca HQ Broker), Smartex International  (ou OlympTrade), Unick e Zero 10 Club.

 

COM INFORMAÇÕES DE: GAZETA DO POVO


Foto de Daniela Risson



Foto de Daniela Risson


O autor: Daniela Risson

Jornalista desde sempre interessada pelos canais digitais, tem se dedicado à estratégia e produção de conteúdos. Em 2018, se aproximou da temática das criptomoedas e atua como redatora de projetos do mercado financeiro digital.








What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Filho de Bolsonaro divulga notícia falsa sobre Bitcoin mais uma vez 20

Filho de Bolsonaro divulga notícia falsa sobre Bitcoin mais uma vez

BitcoinCasino disponibiliza novos jogos com Litecoin 21

BitcoinCasino disponibiliza novos jogos com Litecoin