Criador do Napster lança projeto com blockchain voltado para IoT e conectividade sem fio

Criador do Napster lança projeto com blockchain voltado para IoT e conectividade sem fio 1


O criador do Napster Shawn Fanning lançou a Helium, um projeto baseado em blockchain voltado para dispositivos de hotspot sem fio e com foco na Intente das coisas (IoT). Segundo um post no Medium oficial do projeto, a ideia da iniciativa é criar uma grande rede de troca de conectividade P2P, na qual cada dispositivo conectado atua como um nó de propagação de internet e validação de dados.

De acordo com as informações do projeto, os nós, além de propagarem a internet na rede, serão recompensados com taxas que também são alimentadas pelos próprios usuários. Há um mecanismo de consenso chamado “prova de cobertura” que também envolve um processo de mineração que consome tanta energia quando uma lampada led, segundo o projeto. Este mecanismo é responsável por verificar a legitimidade dos outros nós, entre outras funções.

Para participar da Helium, é preciso comprar um hotspot da empresa. Atualmente, eles são vendidos a US$495, nas só estão disponíveis para habitantes de Austin, no Texas, embora a empresa tenha dito que pretende expandir o projeto a medida em que ele vai escalando e ganhando mais desenvolvimento.

“As opções de conectividade atuais para dispositivos IoT falham devido a custo ou complexidade. Para evitar esses erros, tivemos que repensar nossa abordagem à conectividade. Semelhante ao Napster de Shawn Fanning, que mudou a indústria da música para sempre, a Helium pretende colocar a conectividade nas mãos das pessoas, iniciando uma mudança geracional no atual modelo de negócios feito pelas empresas de telecomunicações”, diz o projeto.

Além de compartilhamento de conectividade, há também uma série de possíveis casos de uso mencionados, no post e no site, que vão além dos serviços típicos de internet via sensores Helium, como o uso de sensores de fumaça ou calor para prevenir incêndios florestais, rastreamento de animais de estimação ou até mesmo evitar roubo de bicicleta e detecção de sensores.

Ainda segundo a empresa, os hotspots da Helium “formam a base de um novo tipo de rede, que recompensa os indivíduos por fornecer conectividade sem fio. Usando uma abordagem semelhante à Airbnb, essa rede sem fio peer-to-peer pode implantar rapidamente uma cobertura completa para as cidades a uma velocidade que não é possível em grandes entidades centralizadas. O resultado? Uma rede segura, onipresente e acessível que permite que as empresas se concentrem em aplicativos e casos de uso, não em planos de celular para dispositivos ou no gerenciamento de infraestrutura de rede”, finaliza.

Leia também: Empresa de biotecnologia armazenará dados genéticos de brasileiros em blockchain



Source link

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Circle deve fechar seu app de pagamentos e focar em novos produtos financeiros 20

Circle deve fechar seu app de pagamentos e focar em novos produtos financeiros

CVM anuncia criação de Sandbox regulatório para tratar do uso da Blockchain no mercado 21

CVM anuncia criação de Sandbox regulatório para tratar do uso da Blockchain no mercado