Com o investimento ‘na casa dos milhões’, Ripio prepara entrada agressiva no mercado brasileiro de criptomoedas

Com o investimento 'na casa dos milhões', Ripio prepara entrada agressiva no mercado brasileiro de criptomoedas 1

Após um ano de operação silenciosa no Brasil, a startup argentina Ripio se prepara para expandir significamente sua participação no mercado nacional integrando serviços financeiros tradicionais ao universo das criptomoedas.

Nesta semana, a empresa anunciou o lançamento de uma plataforma de negociação de criptomoedas, incluindo operações no mercado de balcão (OTC) para clientes não apenas no Brasil, mas também em seu país local e no México.

Em entrevista ao Cointelegraph, o country manager das operações brasileiras, Ricardo Da Ros, afirmou que o investimento local será “na casa dos milhões”, acrescentando:

“Decidimos investir pesado no mercado brasileiro para torná-lo o mais importante na região para a empresa. Estamos aumentando nosso time aqui no Brasil.”

Com a meta de chegar a 1 milhão de usuários em 12 meses, a Ripio deve ainda nos próximos meses operar como um blockchain banking, mercado em expansão localmente, e planeja aquisições para consolidar sua participação local. Para Da Ros, o potencial do mercado brasileiro está na diversificação dos produtos oferecidos na indústria de criptomoedas, hoje muito voltado para traders e pouco direcionado para o grande público.

A entrevista completa e planos da Ripio no Brasil você confere a seguir:

Quais são as perspectivas e relevância do Brasil para os negócios da Ripio?

A Ripio iniciou sua operação no Brasil silenciosamente há pouco mais de um ano, para testar o mercado e entender suas peculiaridades. Já em 2019, decidimos investir pesado no mercado brasileiro para torná-lo o mais importante na região para a empresa. Estamos aumentando nosso time aqui no Brasil e nossa plataforma atual está operacional para brasileiros.

Nosso objetivo é ser o número um do mercado brasileiro e obter 1 milhão de usuários registrados em 12 meses. A Argentina é nosso principal mercado desde 2013, mas o Brasil deverá se tornar a maior operação em breve. Também estamos investindo no México, que é um mercado muito interessante na América Latina.

Como parte da estratégia de investimento agressivo no mercado brasileiro, a Ripio está explorando a possibilidade de realizar uma aquisição para expandir sua operação no Brasil. Estamos conversando com diversas empresas atualmente, e caso alguma oportunidade faça sentido para a Ripio, iremos avançar.

Quais as principais soluções oferecidas pela Ripio no mercado brasileiro?

Em algumas semanas lançaremos nossa nova plataforma de Digital Wallet. Além disso, também lançaremos uma nova exchange com diversos pares de criptomoedas para atender o mercado local.

Em paralelo, estamos trabalhando em diversos outros produtos e serviços, como compra de criptomoedas com cartão de crédito e nosso próprio cartão de débito para que os usuários possam utilizar as criptos em compras e saques em todo o Brasil. Vamos também oferecer contas digitais com funcionalidades de TED, pagamento de contas, recarga de celular, bilhete único e outros serviços em um futuro próximo.

Uma das nossas principais atividades no momento é garantir que nossos processos internos de compliance sejam os mais robustos do Brasil. Mesmo sem regulamentação específica, trabalhamos com os padrões mais rígidos do mercado financeiro para combate à lavagem de dinheiro, fraude e financiamento ao terrorismo.

Como funciona a aceleração da Ripio pela Visa no Brasil?

Fomos selecionados em 2019 pela Visa para sermos uma das quatro empresas para o programa de aceleração no Brasil dentre mais de 100 avaliadas. Com isso, a Ripio está avançando rapidamente no desenvolvimento de serviços de pagamento que permitem ao usuário unificar o mundo financeiro tradicional ao mundo das criptomoedas. Esse é o próximo passo para o mercado cripto global. O programa de aceleração inclui uma imersão no Vale do Silício para que a Ripio possa trabalhar de perto com o time da Visa nos EUA para tornar tudo isso realidade o mais rápido possível.

Estamos trabalhando com a Visa para refinarmos nossas políticas, além de termos um processo de auditoria interna com o apoio da Ernst & Young. O mercado de criptomoedas precisa se profissionalizar e a Ripio está se posicionando como a referência nessa área.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Projeto de criptomoedas OneCoin nega esquema ponzi e pirâmide financeira 20

Projeto de criptomoedas OneCoin nega esquema ponzi e pirâmide financeira

Circle divulga auditoria sobre reservas em dólar da stablecoin USDC 21

Circle divulga auditoria sobre reservas em dólar da stablecoin USDC