Casa lança um serviço de monitoramento de nós para melhorar a saúde da rede Bitcoin

Casa lança um serviço de monitoramento de nós para melhorar a saúde da rede Bitcoin 1

Casa lança um serviço de monitoramento de nós para melhorar a saúde da rede Bitcoin 2

A Casa, uma empresa de criptomoedas que fornece um serviço de gerenciamento de chave privada e executa nós de Bitcoin, revelou um monitor de nó e um programa de recompensas para promover a saúde da rede Bitcoin.

A Casa anunciou os novos projetos em um post no blog oficial em 21 de agosto. Segundo o anúncio, o monitor de  nó – chamado Node Heartbeats – depende de estabelecer uma breve conexão entre o servidor da Casa e um nó on-line, sincronizado e ativado por Tor de um cliente. 

O programa de recompensas permite que usuários do nó da Casa ganhem 10.000 SatsBack por semana em troca da realização de 5 Node Heartbeat verificações por semana, em dias diferentes. 

O SatsBack pode ser trocado por Bitcoin ( BTC ) uma vez por dia no aplicativo Keymaster da Casa, desde que um usuário tenha acumulado um mínimo de 50.000 pontos SatsBack. De acordo com o relatório, a Casa acredita que é difícil para os usuários manterem-se atualizados sobre o tempo de atividade e a segurança de seus nós. Ao fornecer um programa de incentivos para aumentar a saúde dos nós, a empresa supostamente espera melhorar a saúde geral da rede Bitcoin.

Charlie Lee é um investidor da Casa

O fundador da Litecoin ( LTC ) Charlie Lee anunciou há três dias que investiu na Casa. Lee elogiou a Casa por dirigir a adoção do BTC, comentando:

“Eu tenho o mesmo sentimento sobre a Casa hoje como eu tive sobre a Coinbase quando entrei em 2013 como a terceira contratação. A Casa está tornando o Bitcoin fácil de usar e isso é extremamente importante para este espaço. Ansioso para grandes coisas!

O Lightning Labs lança um monitor de nó

Como previamente relatado pela Cointelegraph, a Lightning Labs, o desenvolvedor do protocolo de transação de alta velocidade lançou recentemente uma versão alfa de um monitor nó. A nova ferramenta, chamada Indmon, supostamente permite que os operadores de nó monitorem o uso do nó em tempo real.

Os problemas de rede este ano supostamente motivaram os desenvolvedores a criar uma ferramenta para identificar preventivamente problemas de nó e de rede.






What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Evento da imprensa brasileira abordará novas tecnologias e blockchain 21

Evento da imprensa brasileira abordará novas tecnologias e blockchain

Mercado de criptoativos desvaloriza US$12 bilhões em movimento liderado pelo Bitcoin 22

Mercado de criptoativos desvaloriza US$12 bilhões em movimento liderado pelo Bitcoin