Bancos sul-coreanos juntam-se à iniciativa governamental de identificação em blockchain

Bancos sul-coreanos juntam-se à iniciativa governamental de identificação em blockchain 1

Quatro grandes instituições bancárias da Coreia do Sul, incluindo os bancos Shinhan e NH Nonghyup, juntaram-se à iniciativa de identidade descentralizada que visa compartilhar informações pessoais de forma segura utilizando uma blockchain.

Conforme relatou a Coindesk nesta segunda-feira, 21 de outubro, o programa (inicialmente lançado em julho) foi oficialmente nomeado como Initial DID Association. Além dos bancos Shinhan e NH, dois grandes processadores de pagamento – BC Card e Hyundai Card – também se juntaram ao programa. Ao todo, a Initial DID Association já conta com 11 participantes.

O consórcio agora inclui Samsung Electronics, KEB Hana Bank, Woori Bank, bem como as três maiores operadoras de telefonia da Coreia do Sul – SK Telecom, KT and LG U+. O grupo também conta com a Koscom, uma companhia de TI da qual a Bolsa de Valores da Coreia do Sul detém 76,6%.

O projeto, apoiado pelo Ministério da Ciência e pela Agência de Segurança e Internet da Coreia do Sul (KISA), tem como objetivo desenvolver um produto para dispositivos móveis que permita o armazenamento seguro de informações pessoais com a tecnologia blockchain. Usuários do sistema poderão provar suas identidades para transações online e para validação de qualificações ou credenciais.

A iniciativa será utilizada primeiramente na emissão de certificados em seis universidades sul-coreanas, bem como nos resultados de testes de inglês. Ela então será expandida para o envio de documentos envolvendo empréstimos. De acordo com outros relatos, espera-se que o sistema esteja funcional já em 2020.

Enquanto o projeto expande, a competição na esfera de identificação em blockchain está aumentando. No dia 14 de outubro, o Instituto Financeiro de Telecomunicações da Coreia do Sul (KFTC) – uma organização liquidez em pagamentos – afirmou que terá sua própria solução de identificação para dispositivos móveis, também utilizando tecnologia blockchain. A previsão para funcionamento está para o fim de outubro, de acordo com fontes locais.

Leia também: Corretora do segundo maior banco da Coreia do Sul oferecerá empréstimo de ações em blockchain





What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

CEO da CipherTrace: 'Regulação vai levar criminosos a usar criptomoedas focadas em privacidade' 20

CEO da CipherTrace: 'Regulação vai levar criminosos a usar criptomoedas focadas em privacidade'

Negocie mais, ganhe mais: PrimeXBT reduz as taxas em até 50% para os traders ativos 21

Negocie mais, ganhe mais: PrimeXBT reduz as taxas em até 50% para os traders ativos