Banco Central do Brasil aposta em blockchain para criar sistema interbanco


Mais uma vez o Brasil sai na frente ao inaugurar um sistema interbancário através da tecnologia blockchain. O projeto é mantido pelo Banco Central do país e conta com a importante parceria da IBM. A tecnologia está sendo desenvolvida através do Hyperledger Fabric.

Um sistema interbancário poderá estreitar as relações entre os consumidor e bancos no Brasil. Além disso, o gerenciamento de informações via blockchain introduzirá algumas funcionalidades aos bancos, como um sistema de pagamento, por exemplo.

Device ID é lançado oficialmente pelo Banco Central

Conforme noticiou o Cointelegraph Brasil, o dispositivo permitirá que nove bancos sejam integrados a nova tecnologia desenvolvida pelo Banco Central do Brasil. Essa tecnologia foi intitulada de Device ID e promete ser o primeiro dispositivo interbancário já proposto por um banco central em todo o mundo.

O Device ID também contará com integração ao Sistema de Compensação de Pagamentos. Essa incorporação permitirá que os bancos sejam utilizados para pagamentos diretamente pelo usuário, através do Device ID.

O sistema de compensação de pagamentos funcionará de forma integrada entre o Device ID e os bancos participantes. Dessa forma, a agilidade no processo de compensação será garantida pelo uso da tecnologia blockchain.

Tecnologia blockchain ganha a CIAB Febraran

O Device ID foi oficialmente apresentado aos usuários nesta quarta-feira (12). A tecnologia foi lançada durante a CIAP Febraban. O evento é o maior da América Latina voltado aos bancos e contou com o lançamento do Dipositivo ID.

A tecnologia criada pelo Banco Central do Brasil é voltada para a utilização em smartphones. O Device ID permite que os aplicativos de nove bancos sejam integrados à tecnologia da plataforma.

A ideia de integração bancária através da tecnologia blockchain no Brasil é um fato inédito. Em entrevista ao ao CoinTelegraph, Joaquim Kiyoshi Kavakama falou sobre a iniciativa dos bancos em pesquisar soluções que envolvam a tecnologia blockchain. O diretor da Febraban afirmou que os bancos no Brasil decidiram se juntar para lançar o Device ID.

“Os bancos brasileiros estudam as aplicações da tecnologia blockchain há muito tempo, mas não estavam todos juntos”.

A CIAP Febraban aconteceu durante os dias 11 e 12 de junho de 2019. Além do lançamento do Device ID, outras iniciativas envolvendo a tecnologia blockchain tomaram conta da conferência. Dentre essas iniciativas teve até o lançamento oficial do escritório da Ripple no Brasil, um dos projetos apresentados durante a CIAP Febraban em São Paulo – SP.

Tecnologia blockchain como aliada de bancos brasileiros

A tecnologia blockchain já é amplamente divulgada como a melhor alternativa para pagamentos e transferências entre países distintos. Além disso, essa tecnologia permite mais transparência e segurança para dispositivos móveis, por exemplo.

O Device ID foi construído a partir da tecnologia blockchain. Somente esta tecnologia seria capaz de permitir o pleno funcionamento de um sistema integrado entre bancos brasileiros. Mas, a tecnologia blockchain representa também segurança para os usuários.

Um sistema de assinatura digital permite o funcionamento do Device ID. A tecnologia realiza a verificação e autenticação de informações dos usuários a partir das assinaturas digitais. Essas assinaturas permitirão que o usuário acompanhe as movimentações financeiras de sua conta, por exemplo.

O sistema de verificação de dados do Device ID pode proporcionar mais segurança com a assinatura digital. Sendo assim, esse sistema poderá impedir que crimes e movimentações financeiras não autorizadas aconteçam.



Source link

Comments (No)

Leave a Reply