Acompanhe aqui ao vivo: Debate novamente em Brasilia sobre o Bitcoin

Acompanhe aqui ao vivo: Debate novamente em Brasilia sobre o Bitcoin 1

A comissão especial que debate o PL 2303/2015, de autoria do Deputado Federal Aureo Ribeiro, que pretende estabelecer regras para o Bitcoin e criptomoedas no Brasil promove um novo debate hoje sobre o assunto.

Desta vez, foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros:

– o presidente da Comissão de Criptomoedas e Blockchains da OAB, Antônio Eduardo Gonçalves de Rueda;

– o especialista em Direito Digital, Direito das Starups e em Blockchain Rodrigo Caldas de Carvalho Borges; e

– Emília Malgueiro, ex-diretora da Atlas Quantum.

Em contato com Malgueiro, a advogada disse que não comparecerá ao evento pois o convite teria sido feito para um representante da Atlas e como a advogada não integra mais o quadro de funcionários, não comparecerá.

Em 2016, uma comissão especial começou a analisar a proposta, apresentada pelo deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ). Em dezembro de 2017, o então relator defendeu a proibição das criptomoedas, mas o parecer não foi aprovado.

O atual relator, deputado Expedito Netto (PSD-RO), pretende apresentar até 21 de novembro o relatório dele. No começo de novembro, Netto quer apresentar uma versão preliminar do texto para consulta pública por meio do portal e-Democracia.

A audiência será realizada a partir das 14h30 em local a definir.

Acompanhe aqui ao vivo: Debate novamente em Brasilia sobre o Bitcoin 2





What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Banco da Espanha alerta para "risco sistêmico" se Google, Amazon e Facebook ingressarem no setor bancário 22

Banco da Espanha alerta para “risco sistêmico” se Google, Amazon e Facebook ingressarem no setor bancário

Gigante do varejo Overstock quer reestruturar dividendos em criptomoedas 23

Gigante do varejo Overstock quer reestruturar dividendos em criptomoedas